Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

coitadinhodocrocodilo



Segunda-feira, 20.01.14

A última praxe

Tenho pena dos pais que, deitados nas suas camas, não sonhavam que àquela hora os filhos se entregavam ao ritual mais macabro que existe na sociedade académica portuguesa.

Escreve, revoltado, um amigo meu que nunca usou capa nem participou nesses rituais. Eu subscrevo: nunca me passou pela cabeça gastar dinheiro em fardas, capas e bambolear-me com elas pelas ruas. Muito menos ser benzida nessas figuras! Quem me conhece, sabe que era capaz de me contorcer.

Quanto às praxes, sempre me distanciei. Fui praxada, nunca achei piada e nunca retribui. Mas todos sabemos que há instituições onde as humilhações são palavras de ordem durante semanas, sem que nenhuma voz se levante.

Há quem goste e se divirta, uma espécie de bullying consentido: consente o praxado, os pais, a comunicação social, a sociedade em geral.

Olhando por cima do ombro, qual de nós não se assusta com a quantidade de asneiras feitas aos 18 anos? Com a quantidade de vezes em que podíamos ter morrido ou ficado magoados a sério, por más decisões, por impulsos jovens e inexperientes?

Tenho pena dos pais que, deitados nas suas camas, não tiveram oportunidade de impedir tamanha inconsciência.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

por coitadinhodocrocodilo às 10:10



Mais sobre mim

foto do autor



Pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Janeiro 2014

D S T Q Q S S
1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031