Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

coitadinhodocrocodilo



Terça-feira, 11.03.14

SURPRESA!

Se tudo tivesse corrido bem, esta semana estaria a esquiar em Andorra. Há dois anos não fui porque o Miguel nasceu. No ano passado ainda estava em choque por ter ido para o olho da rua.

Quis o destino, ou os astros ou os senhores da natureza, os deuses ou o deus sozinho, que estivesse em Portugal para receber uma notificação do Centro de Emprego. SURPRESA! Formação para aprender a mudar fraldas a idosos e… vai começar… AGORA!

Se estivesse em Andorra, teria ficado sem subsídio e sem inscrição no CE. A única semana do ano em que não estaria cá.

Começa a ser fácil perceber como e porquê oscila a taxa de desemprego em Portugal: há o desemprego sazonal (onde os algarvios são mestres), há os maravilhosos contratos com o apoio do IEFP que permitem às empresas contratar um sem número de pessoas durante seis ou doze meses, que depois são dispensados e substituídos por outros. Enquanto vão e voltam, saem das estatísticas.

Depois existem as manobras desprezíveis do IEFP, como esta, de mandar uma carta com 1 ou 2 dias de antecedência para se apresentar nalgum lado, sob pena de ficar sem sustento.

As ofertas formativas são inadequadas ao nível de desemprego e ao tipo de desempregado que circula por aí – que vai do 6º ano de escolaridade ao mestrado – e datam dos anos 90.

E não vamos falar da emigração. Por cada jovem que sai do país, é menos um número que entra no gráfico.

A partir de Segunda-feira, vou aprender a tratar de velhos com um grupo de pessoas que, como eu, estão ali contrariadas, com vontade de desistir e mandar o CE às urtigas. Mas não mandamos, porque é exactamente isso o que eles querem, para ver se saímos das estatísticas.

Autoria e outros dados (tags, etc)

por coitadinhodocrocodilo às 18:34



Mais sobre mim

foto do autor



Pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Março 2014

D S T Q Q S S
1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031