Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

coitadinhodocrocodilo



Quarta-feira, 28.11.12

Baby Star Wars

Há já uns dias que passo umas 18 horas/dia a ouvir tossir. Constipação viral, virose, tosse cavernosa, eu sei lá! Ontem passei minutos sem conta com o bebé ao colo a tentar acalmar-lhe os ataques de tosse e, ao mesmo tempo, a satisfazer-lhe o desejo de mimo.

Hoje é o terceiro dia em casa com duas criaturas que se movimentam apoiando-se nos quatro membros. É engraçada a empatia entre os dois. Um ladra, o outro faz sons a imitar. Um acorda da sesta, o outro arrebita as orelhas. Quando é a vez do cão dormir, o outro vai lá e dá-lhe uma cabeçada (aprendeu que pode dar “turras” ao cão sem que ele se chateie).

Mas descobri que há uma criatura que supera o cão quando se trata de alegrar o bebé (para além de mim, claro!). Fiz esta descoberta enquanto o carregava para trás e para a frente na sala e lhe fazia festinhas no peito. Sempre que passava do meio da sala para o lado da janela, ele começava a chorar. Voltava para trás e, entre os ataques de tosse, ele abria o sorriso mais lindo! Andei assim umas quantas vezes até tentar perceber o que tinha de tão entusiasmante o lado nascente da sala. Entre livros de Lobo Antunes e do Tintin está o Yoda!

Para quem não sabe, o Yoda é uma das personagens mais carismáticas da grandiosa história de cinema Star Wars. Pequeno de tamanho mas grande em sabedoria e força, este velho mestre Jedi, de 900 anos e problemas de sintaxe, reside numa das prateleiras da minha estante. Em forma de peluche, claro! Ao lado, o também grande, mas obscuro de ideias, Darth Vader, e ainda uma réplica de um Clone.

Mas foi com o Yoda que ele engraçou e eu estou no céu! É possível que só um fã de Star Wars compreenda a minha alegria: o meu filho mais velho antes dos três anos já conhecia Lord Vader e a sua marcha imperial (chamando-lhe carinhosamente Duarte Vader). Este, antes de completar um ano, consegue reconhecer a imagem e o nome do maior guerreiro da galáxia Star Wars. Missão cumprida. Agora só falta convertê-lo à religião sportinguista…

Entretanto, arranjo força para continuar a carregar nove quilos para trás e para a frente. Mas como diria o Mestre: “Aliada minha é a Força. E poderosa aliada ela é.”

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

por coitadinhodocrocodilo às 13:37



Mais sobre mim

foto do autor



Pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Novembro 2012

D S T Q Q S S
123
45678910
11121314151617
18192021222324
252627282930