Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

coitadinhodocrocodilo



Quinta-feira, 14.02.13

Lágrimas de crocodilo

Diálogo imaginado entre Pedro Passos Coelho e Vítor Gaspar.

 

PPC- É pá, tu ouviste falar naquele gajo que se matou em frente ao centro de emprego?

VG- Em França, não foi? É pá, não percebo! Aquela gente queixa-se de barriga cheia… Só têm 10% de desemprego e entram logo a matar. Eh, eh, percebeste o trocadinho?!

PPC- A sério, pá, acho que foi mesmo mau. Os empregados do centro até receberam apoio psicológico!

VG- PORQUÊ??? Deviam era ser despedidos também! Não aguentam o ambiente de trabalho, que se mudem.

PPC- Eu cá ando a avisar há muito tempo para os portugueses se mudarem. Toda a gente goza comigo! Emigrem! Se esse gajo tivesse emigrado... Mas até fiquei com pena, pá, ia ficar sem casa.

VG- Ouve lá, de certeza que vivia acima das possibilidades! Um gajo que tem dinheiro para comprar líquidos inflamáveis, tem dinheiro para pagar impostos! Devia era pagar por se ter suicidado.

PPC- Também não exageres… ia pagar como, se morreu?

VG- Mas não morreu logo! Ainda foi assistido e isso paga-se! Portanto, o melhor era pagar em vida. É isso, pá!!! Nós vamos inventar outro imposto: o IPAS, Imposto Para Antes do Suicídio.

PPC- Ó Vitó, tu és brilhante, pá! Benditas olheiras! Se é para bem dos bolsos do Estado, eu concordo, mas prefiro continuar a pedir ao povo para se pirar. O Ulrich diz que eles aguentam… mas eu acho que não. E não quero aparecer nos noticiários, que a minha Laura amua e a p… da alemã põe-me de castigo.

Autoria e outros dados (tags, etc)

por coitadinhodocrocodilo às 23:47



Mais sobre mim

foto do autor



Pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Fevereiro 2013

D S T Q Q S S
12
3456789
10111213141516
17181920212223
2425262728