Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

coitadinhodocrocodilo



Segunda-feira, 11.02.13

Tablets

Segunda-feira de Carnaval, férias da escola. Putos em casa, ora chuva, ora sol, carro com bateria descarregada (lá ficou a luzinha acesa). Sabem o que significa? Berros, choro, berros, brinquedos espalhados, berros, lixo a esvoaçar pelo chão, berros, cão refugiado no tapete do nosso quarto, risos, berros.

Carros amontados no tapete, mesmo ao pé do meu refugio das letras e vou tentado escrever qualquer coisa. Já sei que vou demorar uma hora a terminar. Entre um a chorar e o outro a reclamar, um quer fazer cocó e o outro oó. Cada um tem o que merece…

Vejo um artigo “Tablets para crianças”. Podem explicar-me?!  Eu percebo porque é que uma criança quer um tablet, mas precisa de um? E o artigo começa a explicar qual o mais indicado para os petizes, por ser mais leve e pequeno o suficiente para caber na mochila (????????? Esta gente não andou numa escola pública!). Prolongam-se nas descrições e terminam com as desvantagens: frágil e caro. Pronto. Está tudo dito, são duas características que não combinam com crianças. Os brinquedos têm que ser duros e resistentes, que nem cornos, e de preferência muito baratos, para não nos arrependermos ao fim de uma hora.

Quando era pequena, tablets eram de chocolate. Vinham de Espanha, como os caramelos e os carecas. Agora os carecas foram substituídos por pássaros digitais, oriundos da Finlândia, com ar de Kamikazes. Com tanto berro, no fim deste texto, estou uma angry mom.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

por coitadinhodocrocodilo às 14:48


Mais sobre mim

foto do autor



Pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Fevereiro 2013

D S T Q Q S S
12
3456789
10111213141516
17181920212223
2425262728