Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

coitadinhodocrocodilo



Sexta-feira, 27.12.13

Quem espera, desespera...

Há três anos atrás, neste dia 27, a minha família entregava os papéis para adoptar uma criança. Erámos três e meio (que o cão conta), queríamos ser mais um. Seis meses depois, descobri que estava grávida. Parece que costuma ser assim: anos para engravidar e logo a seguir a pensar em adoptar, emprenha-se!

Testes e mais testes, entrevistas, perguntas com rasteira, visitas a casa. Um ano e meio sem notícias. De repente, um telefonema! Os toques no meu telefone são bandas sonoras (o marido é “O senhor dos anéis” – não sei porquê, foi coisa que nunca me deu - a sogra é “O Padrinho”, a mãe “A Família Adamsand soi on, and soi on). Para o caso em apreço, achei apropriado o tema “The final countdown”.

O telefonema era para saber como estávamos (bem obrigada) e se ainda estávamos interessados em criancinhas (pois… quase a desistir, NÃO É?!). E culminou com uma despedida animadora: “Então até daqui a 18 meses!”.

Vamos recapitular: inscrevi-me, emprenhei, bufei de tão inchada estava, tive a criança, voltei ao trabalho, fui despedida, estive um ano em casa e… nada. Não aconteceu mais nada. Da criança, nem o cheiro. Em três anos, tive um telefonema.

Há-de aparecer, num dia de nevoeiro. É provável que diga: “Olá, eu sou o Sebastião”.

Autoria e outros dados (tags, etc)

por coitadinhodocrocodilo às 09:02


Mais sobre mim

foto do autor



Pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Dezembro 2013

D S T Q Q S S
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031