Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

coitadinhodocrocodilo



Terça-feira, 08.01.13

Flexible

Ontem, alguém me perguntava o que tinha acontecido ao meu filho, que nunca mais chegava a casa! A escola resolveu trazê-lo uma hora mais tarde do que o combinado, sem dar cavaco a ninguém (nos dias que correm, tento fazer pouco uso desta expressão, mas aqui saiu-me e não sou rapariga de fazer delete à espontaneidade). Chegou todo contente, alheio aos meus cabelos quase em pé!

Ontem foi apenas um dos muitos dias maus que se avizinham. Mas a piada é fazer deles uma lição, uma história e arrumá-los na nossa imensa estante da experiência de vida. Portanto, adiante.

Hoje foi um dia diferente. Em vez de desemprego, o tema foi emprego. Fui a uma reunião com a empresa de outplacement, que nos vai acompanhar e, com base em coaching, vai tentar fazer um development na nossa carreira e dar-lhe um pushing. Se queremos estar na moda, e profissionalmente actualizados, temos que falar com termos e designações em inglês. Muito ao estilo cagão, cagam style.

A formação foi teórica, numa altura em que a prática se impõe, o tempo urge e a ansiedade toma conta de nós. Mas foi de tal maneira optimista e entusiasta que levantamos as mãos por alguém nos explicar o conceito de flexible worker, nos ensinarem a valorizar o networking e a fazer currículos irrecusáveis. Saímos de lá, quase gratos por estarmos desempregados!

São assim os formadores e os seus chavões: fazem perguntas para conhecer a assistência, não utilizando depois – sabe-se lá porquê – a informação recolhida; a já gasta máxima “comportamento gera comportamento”; e a insuportável “terapia de grupo” a que somos obrigados, porque alguém achou que é catártico falar, à frente de pessoas que não conhecemos, dos nossos projectos profissionais, medos e ambições.

"Olá, eu sou a Patrícia e já não trabalho numa empresa há dois meses. Há que ser flexible. Agora trabalho em casa, homework."

Autoria e outros dados (tags, etc)

por coitadinhodocrocodilo às 21:08


3 comentários

De Bola de Berlim a 08.01.2013 às 21:26

Cagam style é muito bom!!! Ahahahah...

De Anónimo a 09.01.2013 às 00:21

Cagam Style rules baby ... ou não estivessemos na portugálólandia :) .
Eu ainda tenho de lá ir ser reciclado para o mercado de trabalho , gostava de ser sustentado por mulheres belas e ricas ... há , não é uma profissão legal e não podem ajudar ... bolas ... .
Sou um fiel seguidor do teu blog e como tal fico mais descansado em saber o final do atraso do crianço , esperava algo mais cinemático do tipo fugiu com a namorada ou apanhou o ladrão de lanches la do atelier de crescimento onde passa o dia , mas prontos era apenas um atraso e tudo acabou em bem logo é o fim perfeito para o acontecimento .
Sobre os cabelos em pé ... trata-o bem mesmo que te deixe assim e porque ? porque é ele que vai escolher o vosso lar de terceira idade , essa é que é essa ;)

De coitadinhodocrocodilo a 09.01.2013 às 18:23

E eu tenho o prazer de estar a falar com?..

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor



Pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Janeiro 2013

D S T Q Q S S
12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031