Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

coitadinhodocrocodilo



Quinta-feira, 10.01.13

Nouveau métier

Levantei-me cedo, planeando comprar um computador. Acho que vou ter saudades do meu velhinho. Tem vida própria, um verdadeiro Pinóquio. Não é só lento, é mesmo muito demorado, preguiçoso, caprichoso. Amua, faz braço de ferro comigo e vira-me as costas muitas vezes, deixando-me a falar sozinha. O novo será o meu eunuco: eu mando, ele obedece. Eu clico, ele terá resposta na ponta da tecla. Já nem estou habituada a tanta mordomia!

Ainda não eram nove da manhã, uma amiga enviava-me uma mensagem dizendo que tinha deixado a chave de casa na porta. Mas, para complicar, deixou-a do lado de dentro. Eu, que tenho uma chave da casa dela, decidi tentar a minha sorte e testar a minha habilidade. Não me desviando da minha rota inicial – feira de Carcavelos – entrei em prédio alheio e tentei fazer a chave cair da fechadura. Faltou-me um gancho no cabelo, essencial para abrir qualquer fechadura, e a pastilha elástica, à moda de McGyver. Por isso, está claro que não consegui.

Segui o meu caminho, mas fiquei a matutar na coisa. Foi então que a minha mente experienciou um pensamento verdadeiramente epifânico! Patrícia, arrombadora de portas e cofres!

Resolvi: vou a casa dela outra vez! Depois de alguns minutos a discutir com o Luís se ele me ia buscar à esquadra se eu fosse apanhada em flagrante (foi difícil…), resolvi primeiro treinar abrir a nossa porta com uma ecografia do Miguel, antes de me expor à sorte. Tentei, tentei, tentei… e não consegui. Mas estava convicta que iria conseguir. Imaginava-me arrombadora. Conhecendo o meu Duarte, ele ia delirar com a nova profissão da mãe. O que faz a tua mãe? Rebenta com cofres! Já o via no recreio a negociar workshops a bom preço.

A situação resolveu-se nas mãos de um profissional e a N. pagou mais de 60 euros, graças à minha falta de experiência no métier. Mas o que me pôs realmente furiosa foi saber que a porta tinha sido aberta extactamente como eu tinha tentado fazer...

Autoria e outros dados (tags, etc)

por coitadinhodocrocodilo às 22:42


1 comentário

De VANESSA a 11.01.2013 às 13:23

LIGAVAS-ME E EU TINHA LÁ IDO, NÃO COM UMA ECOGRAFIA, MAS COM UMA RADIOGRAFIA, FAZ TODA A DIFERENÇA!
O MEU MARIDO TEM UMA LOJA DE INFORMATICA, PASSA POR LÁ. BEIJO, MASCARILHA!

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor



Pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Janeiro 2013

D S T Q Q S S
12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031