Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

coitadinhodocrocodilo


Domingo, 04.05.14

Um ser incrível

E às sete da manhã, o meu mundo encheu-se de prendas e beijinhos. Entre outras coisas, os textos muito especiais que as professoras tiveram o trabalho de fazer, mais emocionantes do que qualquer bem material.

 

"Consegues ser de tudo um pouco!

Consegues ser uma super atleta! Vais da raiva à meiguice em segundos!

Executas um salto triplo de alegria

quando ouves, pela primeira vez a palavra MÃE!

 

Fazes arremessos de optimismo

quando nos afogamos no desânimo.

Consegues ser bela, fera, guarda-costas,

motorista, companheira, amiga, professora...

 

Tens a energia de um furacão,

mas também a suavidade de uma brisa!"

 

Adorei!!!

 

Não precisávamos de festejar um dia para sermos especiais, mas assim sempre temos umas prendas que guardaremos para o resto da vida.

Autoria e outros dados (tags, etc)

por coitadinhodocrocodilo às 07:44

Domingo, 05.05.13

Feliz dia da mãe

Não me lembro onde li a melhor definição de ser mãe, aquela que me assenta que nem uma luva: ser mãe é nunca mais ir à casa de banho sozinha.

Não dispo a cueca nesta casa com privacidade. Eu tento. Lá vou eu de mansinho enquanto está tudo na sala a brincar ou a ver televisão ou a dormir ou sabe-se lá a fazer o quê. Na realidade, pouco interessa o que eles estão a fazer, porque assim que ponho a mão na cueca, aparece alguém: um, outro ou todos. Isto inclui crianças e cão. Às vezes, vêm todos. E assim, se mija diariamente acompanhada por duas crianças e um cão, numa casa de banho de 4 metros quadrados.

A maior parte das vezes já não me lamurio, mas há dias em que preciso de desabafar sobre o tema. As mulheres são assim: precisam de desabafar sobre quase tudo. E cá estou eu a cuspir lamentos sobre a arte de tentar mijar sozinha.

Portanto, para mim, ser mãe é nunca poder ir à casa de banho sem uma sombra. Podia dizer que ser mãe é lindo, maravilhoso, a melhor coisa do mundo. Também é. Mas também deve ser maravilhoso mijar em paz.

Ser mãe é ser uma agenda, barra, despertador, barra, lembrete, barra, arquivador, barra, transportador. Sobra o bom da coisa: os mimos, os abraços, os beijinhos e os instantâneos.

- “Mãe, os teus beijinhos dão-me alegria”. Pronto, depois de uma destas já não tenho coragem de os expulsar da casa de banho.

Autoria e outros dados (tags, etc)

por coitadinhodocrocodilo às 16:57


Mais sobre mim

foto do autor



Pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Julho 2014

D S T Q Q S S
12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031